Júnior Brasília, um craque de Alvinópolis

 

 Parte 2

 

Gilmar Moreira

 

 

 

 

 

Júnior Brasília é contratado pelo Flamengo.

 

Depois de grandes atuações no futebol de Brasília, o nosso Júnior Brasília chega para atuar no mais querido do Brasil. Em março de 1976 foi contratado pelo Flamengo, que tinha jogadores do nível de Zico, Júnior, Tita, Cláudio Adão, Carpeggiani, Toninho e tantos outros.

 

A revista PLACAR  Nº 326, daquele mês, noticiava em primeira mão :

 

   “A camisa 7 do tamanho do Flamengo, Júnior II (Júnior Brasília) chegou do CEUB para dar alegrias ao Mengo, tem apenas 18 anos, e um jogo ofensivo de buscar a linha de fundo, por isso é titular “.

 

No começo, participou apenas de amistosos do Flamengo. A primeira vez que vestiu a camisa do Flamengo foi em 8 de Abril de 1976, em Cuiabá, na vitória de 3x1 no Operário, de Várzea Grande (MT). No segundo tempo, substituiu Caio Cambalhota.

 

Flamengo de 76, jogadores da esquerda para direita:

Em pé: Geraldo, Wanderley Luxemburgo, Zico, Dequinha, Roberto, Merica, Paulinho,Jaime, Rondinelli e Beto.

Sentados: Luizinho, Luiz Paulo, Dendê, Caio, Cantarelli, Júnior Brasília, Paulinho, Toninho, Zé Roberto e Tadeu.

 

 

Continuou disputando amistosos até que, três meses depois de chegar no Flamengo, o técnico Carlos Froner resolveu dar uma oportunidade num jogo oficial, válido pelo Campeonato Carioca daquele ano.

Sua estréia aconteceu no jogo contra o Goytacaz, em Campos, no dia 20 de junho de 1976. O jogo estava 1 x 1 e o lateral Tita não dava muitas oportunidades ao ponteiro titular, Paulinho. Não modificou o placar mas teve boa atuação.

Contra o Volta Redonda, no Maracanã, três dias depois, na vitória de 1 x 0, Júnior Brasília entrou desde o início.

 

 Uma partida memorável pelo Flamengo      

 

 

E chegou o jogo contra o Vasco da Gama, em 27 de junho de 1976. Seu marcador: Marco Antônio. Enfrentou e venceu a marcação de Marco Antônio. Júnior Brasília faz uma grande partida e o Flamengo goleou por 4 x 1. Depois desse jogo, Júnior Brasília passou a revezar com Paulinho na posição de titular do time.

 

Júnior Brasília, parte pra cima do lateral Marco Antônio que levou um banho de bola naquele jogo.

 

Confira a ficha técnica:
Flamengo 4x1 Vasco
3ª rodada do 2º turno do Campeonato Carioca
Estádio: Maracanã
Público: 47.912
Juiz: José Roberto Wright
Time: Cantarele, Toninho, Rondinelli, Dequinha e Wanderley; Merica, Tadeu Ricci e Zico (Dendê); Júnior Brasilia; Luisinho Lemos e Zé Roberto; Técnico: Carlos Froner Gols: TADEU RICCI (8'), ZICO (11'), WANDERLEY (36') e LUISINHO LEMOS (44' do 2º tempo)

 

“Ele joga correndo até a linha de fundo e é só a gente ficar na área que o cruzamento vem.”

Comentário de ZICO, sobre Júnior Brasília.

 

 Ataque do Flamengo de 1976, Júnior Brasília, Tadeu, Luizinho, Zico e Zé Roberto.

 

 

1976 - COM APENAS 18 ANOS TITULAR NO TIME DO FLAMENGO

Time: Cantarele, Toninho, Rondinelli, Dequinha , Wanderley Luxemburgo e Merica; Agachados: Júnior Brasilia, Tadeu Ricci, Luisinho Lemos e Zico e Zé Roberto.

 

 


O primeiro gol com a camisa do Flamengo.

 

 

O primeiro dos seis gols que marcou com a camisa do Flamengo aconteceu em 22 de agosto de 1976, no amistoso Londrina 1 x 1 Flamengo, na inauguração do estádio do café em Londrina, no Paraná.

 

"Quem fizesse o primeiro gol do novo estádio ganharia uma TV em cores. Na época, não era comum ter TV em cores e todo mundo ficou naquela expectativa. Acabou que o jogador Paraná, do Londrina, fez o gol (de pênalti) e levou, eu acabei empatando o jogo mas infelizmente era apenas uma TV."

Comentou Júnior Brasília, que foi substituído por Júlio César naquela partida.

  

 

Flamengo e Londrina posam no novo estádio do café em Londrina

 

Flamengo 1 x 1 Londrina (PR)
Amistoso
22/08/1976 - Estádio: Café - Londrina – PR

A inauguração do Estádio do Café, dia 22 de agosto de 1976, levou cerca de 50 mil pessoas ao jogo Londrina x Flamengo, gerando uma renda recorde de Cr$ 857.720,00.

 Londrina: Paulo Rogério, Odair (Milton), Pontes, Arenghi e Fio; Freyer (Toquinho) e Sergio Américo, Paraná, Carlos Alberto Garcia, Willian (Anderson) e Caldeira (Marco Antonio). Flamengo: Cantareli, Júnior, Rondineli, Jaime, Vanderlei(Dequinha), Merica, Dendê, Luís Paulo, Júnior Brasilia(Júlio Cesar), Luisinho e Zico
Gol: Júnior Brasilia

   

 

1977 - Júnior Brasília joga contra a seleção do Chile.  

 

 

 

 

Flamengo de 77 – Júnior Brasília é o terceiro jogador sentado da direita para a esquerda.

 

Flamengo 1 x 2 Seleção do Chile em um Amistoso em 18/02/1977

 

Ocasião da história em que o Flamengo utilizou uniforme fora de suas tradições. A equipe encarou uma sequência de oito amistosos no início da temporada como forma de preparação para a equipe que disputaria o estadual. No decorrer do ano foram apenas sete derrotas em 71 partidas disputadas, mas não houve nenhuma conquista de título.

O terceiro desses amistosos foi contra o Chile, em Santiago. A seleção deste país vivia uma fase de transição entre o 11º lugar obtido na copa de 1974, a não classificação para a copa de 1978 e a conquista do vice campeonato da Copa América em 1979, quando perderam para os Paraguaios na decisão.

 

Pouco antes da partida, disputada no estádio Nacional, conclui-se que poderia haver confusão entre o tradicional uniforme da Seleção Chilena, camisa vermelha, com a tradicional camisa rubro-negra do Flamengo. Sem ter levado seu segundo uniforme para o amistoso, o Flamengo teve que atuar com camisas diferentes das habituais

Coincidentemente, O Flamengo atuou vestido com camisas azuis, emprestadas pela Federação Chilena de Futebol, e shorts brancos.

 

Apesar do bom futebol apresentado, principalmente pelo jogador JÚNIOR BRASÍLIA, autor do único gol do Flamengo no jogo, a equipe acaba derrotada pelos chilenos por 2x1.

 

Ficha da Partida:

C.R. Flamengo 1 x 2 Seleção do Chile

Amistoso Internacional

Estádio: Nacional - Santiago – Chile

Flamengo: Cantareli (Roberto), Júnior, Rondineli, Carlos Alberto, Vanderlei, Merica, Jorge Luís, Adílio, Júnior Brasília, Calu e Luís Paulo.

Gol: Júnior Brasília (61).

 

TREINO DO FLAMENGO EM 77, Júnior Brasília é observado pelo seu colega de clube Ramirez

 

 

 

 

Elenco do Flamengo de 77, grandes jogadores consagrados no mundo da bola: Nielsen, Rondinelli, Roberto, Vanderlei Luxemburgo e Cantarelli. No meio: Nélson, Tita, Adílio, Valdo, Júnior, Jorge Luis e Luis Paulo.  Sentados: Merica, Claúdio Adão, Toninho, Dequinha, Carpeggiani, Osni, Ramirez, Júnior Brasília, Paulo Roberto e Zico.

 

 

Júnior Brasília, Paulo Roberto e Zico.

 

 

 

1978 – Campeonato Brasileiro, um grande jogo contra o Fluminense.

 

 

 

 

Júnior Brasília joga excelente partida, como titular do Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro de 1978, contra o Fluminense. O Mengão vence por 1 x 0.

Num jogo emocionante, onde o lateral esquerdo Marinho Chagas do Fluminense e da Seleção Brasileira era o encarregado de marcar Júnior Brasília.

Bem na partida, Júnior Brasília dava muito trabalho, pois era muito rápido e habilidoso.

Sem conseguir parar o "Pantera negra alvinopolense",  camisa 7 do Flamengo, acabou dando-lhe uma cotovelada no rosto, sendo expulso de campo pelo árbitro da partida, aos 30 minutos do segundo tempo. Júnior Brasília teve de sair de maca para ser atendido fora dos gramados.

 

 

Júnior Brasília caído no gramado, enquanto o juiz expulsa Marinho Chagas

 

 

Ainda neste jogo, o goleiro Cantarelli defendeu um pênalti cobrado por Edevaldo, no final do partida. Um jogão de bola com Maracanã lotado e a torcida do Flamengo vibrando com a vitória sobre o grande rival.

Flamengo 1x0 Fluminense, brasileiro de 1978. Gol da vitória foi do atacante Luiz Paulo.

 

Júnior Brasília cruza na área do Fluminense, um baile no lateral Marinho Chagas, do Fluminense e da Seleção Brasileira

 

 

 

C.R. Flamengo 1 x 0 Fluminense (RJ)

Campeonato Brasileiro

26/03/78 - Estádio: Maracanã - Rio de Janeiro

Time: Cantarele, Ramirez, Rondinelli, Dequinha e Júnior, Merica, Carpegiani e Luís Paulo, Júnior Brasilia, Tita(Jorge Luís) e Adilio.

Gol: Luís Paulo.

 

 

JÚNIOR BRASÍLIA JOGA SUA ÚLTIMA PARTIDA NO FLAMENGO

 

Seu último jogo pelo Flamengo foi em Bauru (SP), na derrota de 1 x 0 para o Noroeste, em 23 de Julho de 1978. Pelo campeonato brasileiro daquele ano.

 

 

NOROESTE (SP) 1 X 0 FLAMENGO (RJ)

Data: 23/07/1978
Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Dr. Alfredo de Castilho / Bauru
Árbitro : José Carlos Bezerra
Gol: João Carlos Faccioli
NOROESTE
: João Marcos, Borges, Douglas, Jorge Fernandes, e Mauricinho (Beto); Tobias, Amadeo e Carlos Roberto Palito (Tuche); Jorge Maravilha, João Carlos Faccioli e Baroninho / Técnico: José Calazans
FLAMENGO: Nielsen, Leandro (Ramirez), Rondinelli, Nelson e Júnior; Vitor, Tita (Valdo) e Adílio; Júnior Brasília, Cláudio Adão e Evilasio (Luis Paulo) / Técnico: Joubert.

 

 

Grande elenco do Flamengo de 78, Júnior Brasília é o segundo sentado entre Zico e Osni, da esquerda para a direita.

 

 O nosso conterrâneo jogou dois anos no clube de maior torcida do Brasil e no período em que o Flamengo teve os melhores jogadores de sua história, uma equipe quase imbatível e que dava gosto ver jogar, com o Maracanã quase sempre cheio.

 

 

Timaço do Flamengo 78: Rondinelli, Cantarele, Ramirez, Dequinha, Júnior e Merica;          Agachados: Júnior Brasília, Adilio, Cláudio Adão, Carpeggiani e Luiz Paulo

 

Portanto, devemos reconhecer, que só de fazer parte de um grupo daqueles com Zico, Adílio, Júnior, Tita, Rondinelli, Carpeggiani, Cláudio Adão e vários outros, já era um privilégio enorme, e ainda jogar várias partidas como titular.

Enfim o nosso Júnior Brasília estava entre a nata do futebol brasileiro.

 

Em pé: Rondinelli, Cantarele, Dequinha, Ramirez, Júnior e Merica.
Agachados: Júnior Brasília, Adílio, Radar, Paulo César Carpegiani e Tita.

 

Ao todo foram 71 jogos com a camisa do Flamengo, com 40 vitórias e marcou seis gols

 

Data do 1º Jogo: 08/04/1976

Data do Ultimo Jogo: 23/07/1978.

 

 

Júnior Brasília vai para o Cruzeiro, numa troca envolvendo o goleiro Raul Plasman.

 

 

Raul insatisfeito no Cruzeiro e Júnior Brasília tendo a forte concorrência no ataque do Flamengo, com Tita e Reinaldo, dois pontas em grande fase.

Então chega a hora de sair. Numa transação envolvendo o goleiro Raul, o ponta direita alvinopolense Júnior Brasília se transfere para o Cruzeiro, de Belo Horizonte.

 

 

Nos próximos capítulos falaremos de sua passagem pela Seleção Brasileira e pelo Cruzeiro. Um abraço a todos os alvinopolenses do Brasil e do Mundo.

 

Gilmar Moreira é alvinopolense e reside em Quarteira - Portugal.

Contato : gilmarmdem@hotmail.com