Do mar

 

Leonardo Cezário dos Santos

 

 

Do mar o barulho me agita.

Pensamentos latentes,

ecoam na mente,

ondas batendo, batendo...

 

Lembranças contidas afloram,

quais gaivotas indo e vindo

no mar alto da vida

Nau avante, metade vencida,

a rota da viagem mudou.

 

Destino surpreendente traz o mar...

Apesar do canto da sereia

Urge sempre navegar.

O barulho do mar incita.

 

O marinheiro se agita,

Velas hasteadas a nau avança...

Na mente passageiros inquietos

Suscitam notícias de motim,

Mas a nau prossegue...

 

Poema escrito em Balneário Camboriú – Santa Catarina

 

 

Do livro : O universo de um deficiente e outros poemas

Lançamento em 2012.

Para adquirir o livro, entre em contato no email abaixo.

Leonardo Cezário dos Santos é poeta alvinopolense.

Contato : ado.san@terra.com.br