Alvinópolis, cidade cultura

 

Marcos Martino

 

 

Alguns Alvinopolenses têm sido responsáveis por sustentar os pilares da cultura de Alvinópolis:

 

Marina de Darci -  pessoa de grande conhecimento universal e da história profunda de Alvinópolis. Voluntária em todas as ações culturais, Marina é extremamente criativa e a vejo como um anjo de bondade, elegância e cortesia.

 

Clara Carvalho – tem sido parceira da Marina na promoção da Festa da Chita, um evento que foi muito bem recebido pela comunidade cultural do estado. Clara também é mestra na arte de receber bem e no mundo dos sabores e aromas.

 

Rogério Martino – professor de uma geração inteira de músicos, fotógrafo das cenas improváveis, excelente músico e uma enciclopédia de conhecimentos sobre a história da música pop contemporânea.

 

Alessandro Magno – um alvinopolense honorário, que adotou a cidade e foi adotado por ela. Apaixonado pela música, gosta de incentivar os músicos novos. Trabalha no TI da Bio Extratus, e voluntariamente, tornou-se agitador cultural nos festivais e outros eventos.

 

Alessandra Alves  produz com muita intensidade, trabalhando com crianças, com idosos, com todas as gerações, ensinando e produzindo artesanato de todo tipo, criando telas com assinatura própria, fazendo militância cultural, uma verdadeira porta-bandeiras da arte e cultura alvinopolenses.

 

Ronilson Bada – Alvinopolense de valor, apaixonado pela cidade, promotor de inúmeros eventos culturais, parceiro de muitas jornadas.

 

Jovelino Carvalho – outro Alvinopolense apaixonado, uma locomotiva para trabalhar, que tem as memórias dos festivais,  fortemente identificado com o Grupo Verde Terra e com as coisas do campo.

 

Natália Souza – maestrina na Orquestra de Flautas da Bio Extratus, Natália traz consigo a herança  musical de um Chico de Ná, grande músico e maestro da Banda Santo Antônio durante décadas. Natália é ótima música e merece todo o sucesso que vem obtendo.

 

Juninho do Alvinews – criou um site que conseguiu conectar Alvinopolenses em todo o planeta. Só quem acompanha o Alvinews desde o começo para dimensionar. E agora, volta a balançar as memórias da cidade com o lançamento do grupo Alvinews – Alvinópolis no Facebook. O site e o facebook se complementam. O acerto fotográfico que se forma não tem preço.

 

Grupos musicais e artistas  Márcia Prímola, Pau com Arame, Viúvas Negras, Porão 71, Vovó Piluca, Banda Case, Kalamidade Pública, Thiago e Admilson, Maxilon, Luluth, Fator, Gordo e o Alones, Quarrygirls, Roger César, Código Zero, Verde Terra.

 

Escritores e poetas – Ilderaldo Ferreira(aguardo livro novo do poeta do cotidiano), Carlos Augusto, Neo Gemini, Ana Therezinha, Mariângela, Vanderlei Lourenço, Maria de Lourdes Camelo.

 

 

 

Fotógrafos – Silvana Lima e João Nardy tem um olhar diferenciado, procuram ângulos inusitados . Rose Faria tem um olhar mais jornalístico.

 

Parceiros e agentes culturais – Sidney Ribeiro, Mirella Martino, Marcelo Xuxa, Glaucia, Cozzó, Luciano Alves, Álvaro,  Luizinho Carvalho, Cidinha, Paulo Hosken, Angelo Krawy, Ana do Nicks, Joãozinho de João de Vina, Mário Emílio, Vera e Lindouro, comércio e empresas locais.

 

Grêmio Recreativo Dr Jayme Vasconcelos – justa homenagem ao homem do eterno terno, aliás, terno era um atributo que cabia muito bem no Sr Jaime, homem de fino trato que ensinou a diversas gerações, que nos passou principalmente sua candura, elegância e paixão pela literatura. Tendo na liderança pessoas como Ana Therezinha, Mariângela, Gustavo Jovelino Correa Neto. A cidade espera novos encontros, recitais, saraus e boas conversas. Se o meu dinheiro desse e o destino quisesse eu não perdia um. Mas ainda chego lá.

 

Bares redutos da cultura – A Selaria talvez seja o bar mais cultural, mais interessante da cidade.  O Nicks continua sendo um point muito interessante e o Ninho da Águia é a caixa de ressonância de Alvinópolis, onde se fala de tudo, onde o melhor e o pior da cidade desfilam.

 

Os clubes – O Original, antigo Pinga-rato, infelizmente está em ruínas. O Industrial, só tem um forrozim e o Alvinopolense tem pouquíssima atividade. Sem amor nada vai pra frente.

 

Congado de Nossa Senhora do Rosário – instituição centenária que sobreviveu até hoje graças ao amor e a fé. Um dos congados mais bonitos do Brasil é o de Alvinópolis.

 

Saudades de artistas como Babucho, Tutuia e João de Vina, como Chico de Ná, como Juninho Mascarenhas, Sr Geraldo da banda, dos Morcegos, dos Heltons, 007, Líderes do Ritmo, Tetêga.   

 

Eventos culturais – O Carnaval de Alvinópolis é tradicional, o povo gosta da folia e faz a diferença. Os carnavais de clube foram tradição, mas hoje o que domina é o carnaval de rua. Quem está movimentando o carnaval da cidade é o Bloco “Os Piratas”.  

A Festa da Chita acontece em junho e também entrou pro calendário com muita força. O Festival de Música, realizado em julho,  chega a sua edição de número 32 e tem também o pré-festival em junho, só com a turma local, que é muito bacana. O Aniversário de Emancipação e as festas de Natal e Ano Novo vem sendo feitas com muito sucesso nos últimos anos, mas não são exatamente tradições locais, mas eventos que estão tendo mais investimento nos últimos 3 anos.

 

Perspectivas futuras – que Alvinópolis tem muita cultura a gente sabe, mas falta uma secretaria de cultura ou mesmo Fundação casa de cultura, que possa costurar todas essas tendências já consolidadas e as que virão. O atual prefeito João Galo Índio havia me confidenciado sobre a vontade que tinha de criar uma Secretaria da Cultura. Parece que a Câmara dos Vereadores não aprovou a idéia e que a cultura não é vista pelo legislativo, pelos que representam o povo, como bem importante, vital para a formação da nossa identidade, para nos entendermos como povo.

 

Vamos ver o que o futuro nos reserva, tanto em termos de renovação do quadro de vereadores como no comando executivo do município. De qualquer maneira, seja como for, a Cultura continuará sobrevivendo através do seu combustível preferencial, que é o amor de seu povo.


 

Marcos Martino é alvinopolense, poeta, escritor, jornalista, músico.

Email : marcos.martino@gmail.com