A HISTÓRIA DO VERDE TERRA

PARTE 29

 

Neo Gêmini

 

Parque Lagoa do Nado - Bairro Planalto - BH.

 

Festival Ecológico do Parque Lagoa do Nado, em Belo Horizonte. 

Um sucesso, apresentação apoteótica e muitas amizades eternas.

 

Após o festival de Alvinópolis, em julho de 1984, sem o nome do Verde Terra, que oficialmente havia separado, o grupo continuou tendo algumas participações individuais dos integrantes em outros festivais.

Não resistindo ao tempo inativo e aos festivais que aconteciam em muitas cidades de Minas Gerais, eis que o grupo voltou a tocar em Bela Vista de Minas, onde conquistou o 2o. lugar com "Natureza Humana".

Nem todos os integrantes estiveram presentes, entre eles eu. Portanto não posso falar sobre esse festival.

Pelo que os colegas me falaram, a música fez muito sucesso, principalmente devido ao lindo arranjo vocal, e mensagem da letra, além da melodia triste, mas muito realista e com muita emoção.

 

Depois, a banda voltou a ficar um grande tempo parada.

Nessa época, além de fazer faculdade em B.Horizonte, eu trabalhava de office boy, na Mutual, Caderneta de Poupança, e ia em Alvinópolis, no máximo, uma vez por mês.

Nesse ano, o réveillon não foi tão alegre para os integrantes. Apesar de quase todos estivessem de com suas namoradas, havia uma certa frustração devido àquela repentina parada do grupo. Mas a esperança verde de uma novo união definitiva era latente entre todos.

 

Em Abril-85, uma nova reunião (sem compromisso).

Fomos convidados a fazer um show em uma Escola Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo, cidade perto de Santa Bárbara, através da Edmaire Carvalho (irmã do integrante Jovelino Carvalho). O grupo fez um bom show, que agradou a todos, apesar de algumas falhas do som e falta de ensaio.

Mas, as músicas apresentadas eram rotineiras e o violão quase que as tocavam... de tanto era o costume...

O detalhe é que fomos de ônibus  da Lopes & Filhos de Alvinópolis, que foi fretado pelos organizadores do evento; juntamente com os integrantes da banda de música de Alvinópolis, a Corporação Musical Santo Antônio.

Foi muito legal. Na volta, viemos tocando violão e cantando várias músicas num clima super legal com as garotas e rapazes da corporação. E todos cantavam junto.

Um sábado com um astral ótimo, descontraído e bem musical.

 

Neo e Jovelino, em encontro recente no Porão 71.

Foto : Acervo Rogério Martino

 

Apesar de até então "separado", o grupo se reuniu, usando o nome VERDE TERRA, na participação no Festival Ecológico da Lagoa do Nado, bairro Planalto, Belo Horizonte, perto da Pampulha, no mês de Maio/85. 

Classificamos duas músicas entre as mais de 600 inscritas e concorrendo com as 30 classificadas na pré-seleção, todas as duas foram selecionadas entre as 10 finalistas.

Não houve a divulgação oficial do resultado. As duas que tínhamos na final eram "Sete Quedas", que segundo os comentários levaria o 1o. lugar e a outra chamava-se "Prisma".

Segundo os organizadores, as 10 classificadas gravariam um cd que até hoje (2011) não foi lançado. Já se passaram 26 anos.

Dizem que o deputado que prometeu isso não cumpriu essa promessa....

 

Detalhes desse evento: várias pessoas de Alvinópolis que moravam em BH foram prestigiar e curtir o Festival: o escritor/poeta Ilderaldo, Ricardo Bicão, Átila Gomes e vários amigos do grupo.

Lembro-me que muitos foram e voltaram de ônibus por volta das 5 da manhã. Coisa muito perigosa nos dias de hoje, devido à assaltos e violência nos coletivos de Belo Horizonte.

Naquela época BH era uma metrópole bem tranquila de madrugada e não havia o perigo que ocorre nos dias de hoje.

 

O resultado geral foi ótimo. Continuava a chama da volta do VERDE TERRA. O grupo ficou com muito cartaz entre críticos e público presente ao festival.

 

Abraços a todos no mês de Setembro

Muita paz, saúde, sorte e sucesso a todos

 

Neo Gêmini

 

Acesse www.neogemini.com.br e conheça um pouco minhas obras literárias.

Acesse: www.myspace.com/bandapaucomarame e ouça um pouco do rock elíptico da banda Pau com Arame.

 

Colunas anteriores