A HISTÓRIA DO VERDE TERRA

PARTE 12

 

Neo Gêmini

 

Encontro Verde Terra em Alvinópolis - 1981.

Joãozinho, Ronaldinho, Manoel, Dico, Marcos, Rogério, Ricardão e Tetega.

 

VI FESTIVAL DE MÚSICA EM ALVINÓPOLIS

JULHO/ 1981


Quebrado um tabu: o 1o. lugar é nosso, com categoria
 

Depois de Cataguases, as coisas voltaram a melhorar um pouco para o VERDE TERRA..
Principalmente no sentido de status e respeito perante o pessoal de Alvinópolis e também no ambiente interno dos "verde-terranos". A próxima meta do grupo seria ganhar um festival na nossa casa, nos nossos domínios, para espantar a sina tradicional que "Santo de casa não faz milagres".
 

A última e única vez que isso aconteceu até então fora em 1977, quando Edmaire Carvalho, irmã do Jovelino, conquistou o 1o. lugar com a música "Maria", no 2o. Festival de Alvinópolis. Os festivais de Alvi  sempre foram difíceis e com um nível elevado de músicas.
Para se ter uma ídéia da seriedade e vontade que encarávamos este próximo, decidimos que o mês de Julho seria dedicado exclusivamente a esse evento e muitos ensaios. Não participaríamos de nenhum outro festival. O objetivo era conquistar a 1a. vitória em casa.

# Um registro importante: começamos o mês de Julho agitadíssimos; de cara, foi organizado um show beneficente (por iniciativa de nossa professora de Ensino Religioso, Mariângela Repolês), que teve a participação de todos os alunos do Colégio. Foi uma maneira de arrecadar um dinheiro para uma pessoa comprar um aparelho para uso de tratamento de saúde. O show foi dia 04/07/81 no Alvinopolense F. Clube.

Apesar da falta de condições técnicas ideais (aparelhagem de som), arrumamos alguns amplificadores pequenos e outros microfones, e fizemos um show até razoável. O clube estava lotado.
Muita gente reclamou da acústica. Mas foi válido pelo que se propunha. Foi arrecadado um bom dinheiro. E também ensaiamos para o festival que estava perto...

Dessa vez, o festival seria realizado no Alvinopolense, pois o Colégio não foi liberado pela diretoria. Por isso, sabíamos que enfrentaríamos sérios problemas com o som, por causa da acústica do clube.

 

Inscrevemos 5 músicas: "Interior", "Massacre no Solimões",
"Amanheceu na cidade", "O canto da Siriema" e "Festa Macabra".


Gravamos as músicas na parte inferior da casa do meu pai e ensaiamos lá mesmo.
Sempre tomando uma boa limonada, feita por minha mãe.
Estávamos confiantes e animados. Além das músicas de qualidade, nesse festival iríamos comemorar 1 ano de participação em festivais. (Julho/80, foi a estréia com o 3o. lugar- Nós,os Loucos")
A sonorização, a abertura e encerramento do evento ficou com o Grupo Musical "Êxodo" de Ipatinga, formado por grandes músicos de Alvinópolis, entre eles o excelente guitarrista Davi.


Quando ensaiamos na sexta à tarde com o clube vazio o som estava legal. Mas à noite com o clube cheio não ficou muito legal.

Assim ficou ruim para todos os participantes.
Todas as 3 músicas que tocamos na sexta, "Interior", "Massacre no Solimões" e "Amanheceu na cidade"  se classificaram para a final.

Fizemos aquele carnaval. Todos os integrantes bem acompanhados de suas namoradas, muita pinga com mel..
Lembro-me que fui dormir depois das 7 da manhã.
 

Show Verde Terra na Baixada


No sábado, tocamos "O canto da Siriema" e "Festa macabra".

Essas duas também se classificaram para a final.

O destaque da última foi o Ricardão, todo de preto com um grande casaco bem macabro e tenebroso, um chapéu e uma risada que assustava todo mundo e ecoava pelo clube. Espanto, gargalhadas e medo na platéia...
A repercussão dessa música rolou a noite toda. Muita cachaça com mel para comemorar a classificação inédita de 5 músicas para a final.

No domingo a preocupação era grande.

Iríamos tocar 5 músicas. Se pensarmos bem não era bom isso. Havia nervosismo. Não podíamos sair do clube, pois o intervalo entre as músicas era pequeno. Fizemos boa apresentação e a expectativa de vencermos era real.
A alegria era muita, o astral dos integrantes e da torcida também.

Era muita energia positiva reunida naquela noite...

Com muito suspense, a vitória foi confirmada; mesmo com uma surpresa; todos achavam que seria com "Interior", a marcha-rancho que falava de nossa cidade e contagiou todos no clube.
Mas foi "Massacre no Solmões", um história, ou um embate no rio Solimões com cunho histórico.

Uma música triste, mas bem real e que foi bem interpretada pelo VERDE TERRA. Destaque para a percussão perfeita com a batida de surdo do "Dikaitanim", atualmente "Dico do Frango", e também os arranjos vocais .

Depois do resultado, o carnaval foi total, no clube e pelas ruas da cidade, já de madrugada.
Ganhamos 40 mi cruzeiros e uma linda taça, que enchemos de bebida.

Fizemos uma mistura (o Ricardão que idealizou) com várias bebidas de dose.
Pra falar a verdade, nem lembro como cheguei em casa. Apenas que fomos levar o Jovelino que estava super bêbado. Todos do grupo tomavam na taça. Alguns exageraram...
Quando entrei em casa ( 8 da manhã) meu Pai estava preocupado e eu quase caindo...

# Alguns registros: a 1a. ausência do Carlinhos, fato lamentado por todos, especialmente Jovelino, que chorou após a vitoria, quando o levávamos para casa. Era 1 ano do grupo, e a primeira vitoria em Alvinópolis.

Outro registro: a batalha para a vitoria foi dura, alguns jurados queriam "Interior" e houve complicações para a decisão final. Até hoje muitos acham que quem ganhou foi "Interior", que realmente agitou bastante a galera.
Realmente foi uma vitória categórica.

Na realidade, o certo seria pelo menos os dois primeiros lugares para gente. Mas havia outras músicas legais como "Cadeia", de Marília Abduani, de Piedade de Ponte Nova, que faturou o 2o. lugar.

Mas ficamos muito felizes e aliviados. Ganhar um festival de Alvinópolis era uma tarefa muito difícil. E conseguimos.

Ficamos na história e o VERDE TERRA, enfim começava a ser reconhecido realmente.

E várias oportunidades surgiriam posteriormente.

No próximo capítulo detalharei mais os meses seguintes a essa conquista e os inúmeros churrascos e festas que o grupo participou na cidade e região, mostrando essa música eterna.

 

Ouça a música Interior, em ritmo de carnaval,  clicando aqui.

Abraços a todos
Feliz 2010, com muita paz, saúde, sorte, amor, amizade e compreensão.

Neo Gêmini

Acesse www.neogemini.com.br e conheça um pouco minhas obras literárias.

Acesse: www.soundclick.com/paucomarame e ouça um pouco do rock elíptico da banda Pau com Arame.