A história do VERDE TERRA

Parte II

 

 Manoel Barcelos

 

O Início do Verde Terra

 


Basicamente o INVASORES 200 L - eram eu (Manoel Barcellos), Marcos Martino, Carlos Henrique (irmão de Ricardão) ou "Carlinhos Jipão" e o Jovelino, companheiros de infância e estudantes, desde o 2o. ano no Grupo Escolar "Bias Fortes" no Bairro Parte Alta, isso a partir de 1972.

Quase todos os dias, íamos para a casa do Marcos nos divertir, jogar xadrez, baralho, dama, futebol de botão, ping pong e também estudar e cantar.
Certo dia, começamos a improvisar uma gravação com músicas do grupo de rock "Santa Esmeralda" , que estava fazendo sucesso na época.

 

Ficamos empolgados com as gravações com o Marcos no violão e voz, o Jovelino no surdo, eu no triângulo e o Carlinhos na percussão. Todos cantando juntos os refrões das músicas. Isso tudo ajudou na criação de OS INVASORES 200L.

A partir de então, já tocávamos a música "Nós, os Loucos",  que foi composta por Marcos em fins de 1979, durantes esses dias de ensaios.

Também durante este período, escrevi a letra de "Felicidade Interior", minha primeira composição musical, num desses dias de ensaio. Lembro-me que falei com Marcos:

- Hoje eu também vou fazer uma canção.

Fizemos algumas camisas com a logomarca dos INVASORES 200 L, que parecia um disco voador e depois se transformou em outras interpretações da galera. Pintamos as marcas nos violões e nas capas dos instrumentos. Praticamente todo o dia tinha uma pessoa do grupo com uma camisa pelas ruas de Alvinópolis.

Nesse período, acontecia muita coisa engraçada...

Por exemplo: saíamos eu, o Carlinhos e o Jovelino com uma carroçinha pegando jornais, revistas velhas, litros de bebidas velhos de nossas casas e das casas de amigos.

Depois a gente vendia tudo. Com o dinheiro, comprávamos instrumentos para OS INVASORES 200L. Eu me recordo,quando compramos a primeira flauta, uma barroca, foi uma grande alegria.

Já estávamos em Fevereiro e o festival de Alvinópolis de Música já era badaladíssimo e seria realizado em Julho. Aí algum de nós sugeriu mudar o nome para participarmos do evento, pois não ficava bem num festival de Música Popular Brasileira o nome do grupo ser OS INVASORES 200L. Várias idéias foram surgindo mas nenhuma agradava o pessoal...

Um certo dia indo para o colégio "Cândido Gomes", por volta das 17h e 45minutos, eu e o Carlinhos conversávamos sobre o nome.

Exatamente quando passávamos na porta da casa da nossa professora de português Maria Gonçalves, me veio a idéia e disse pro Carlinhos :

-"TERRA VERDE".

Alguns minutos depois ele disse que ficaria melhor se invertêssemos para VERDE TERRA.

Isso aconteceu no dia 17 ou 18/02 de 1980.

Tenho que consultar o calendário para verificar direito. Mas demorou alguns dias para comunicarmos aos outros integrantes. Esperamos outras idéias deles. Por alguns dias curtimos ainda o nome, a agitação, as gozações e usamos as camisas de OS INVASORES 200L.

Mas o nome ficou mesmo decidido VERDE TERRA.

Eu e o Carlinhos comunicamos para o pessoal. Todos gostaram.

Portanto foi uma criação de dois geminianos: o Carlinhos, nascido em 06/06 e eu em 30/05.

Hoje podemos dizer que o nome tem tudo que nos remete a Alvinópolis, à terra, ao verde, à esperança.

A partir de Março, já com o novo nome, 3 pessoas se integraram ao recém criado VERDE TERRA: Dico (de Caetanim), Jesus Bereco Carvalho, primo de Tião de Gelta, e Artur, que também estudava no colégio e era do distrito de Fonseca.

No próximo capítulo entrarei mais em detalhes sobre a 1a. formação oficial, o início dos ensaios, e a primeira participação oficial do VERDE TERRA no festival de Alvinópolis em Julho de 1980.

Abraços a todos
Neo Gêmini 

NEO GÊMINI

Músico/baixista/compositor/poeta

Baixista da banda de rock PAU COM ARAME de B.Horizonte

Autor dos livros Século Agonizante (1999), No mundo com as mulheres" (2002)

e "Memórias Atemporais" (2004)

Integrante, baixista e um dos fundadores do grupo VERDE TERRA

www.neogeminiano.com.br