Carnaval de Alvinópolis

 BAG – Bloco dos Animadores do Gaspar

Década de 80

 

José Silvério de Carvalho

 

BAG em ação - Vidrilho e Dico de Caetaninho

 

 

 

          Nos anos 80, Juninho e Zé Flávio de Chico de Sá, Ademir, Nivinho, Maurílio, Dico de Caetaninho e Bereco, foram alguns do fundadores de um bloco especial, para animar o Carnaval de Alvinópolis. O nome do bloco era BAG, Bloco dos Animadores do Gaspar.

Com pesquisas e a amizade na região, conseguiram patrocínios para a compra dos instrumentos, inclusive com a representante da Coca Cola em Alvinópolis.

Dessa forma, montaram uma bateria tipo escola de samba, com 40 participantes, da qual eu fazia parte tocando tarol.

 

Vidrilho ao Tarol, com a filha Diana e Ademir Carvalho.

 

Durante as semanas que antecediam o carnaval, o beco da canjiquinha, que termina no Ninho da Águia, era o palco dos ensaios.

Os instrumentos mais pesados ficavam com os adultos enquanto a meninada ficava rodeando, todos querendo tocar alguma coisa.

Os meninos inciantes começavam com o tamborim (foto), pequeno instrumento que se tocava com uma vareta.

O ensaio acontecia todos os dias e a animação era geral.

A cada dia que passava, mais afiada e animada ia ficando a bateria.

Além da bateria, o grupo tinha mais alguns foliões super animados.

Os filhos do Paulo Almeida sempre preparavam bonecos gigantes, que saíam junto do bloco e muitos mascarados apareciam, para infernizar a meninada.

O bloco fazia a concentração na Rua Nova, próximo a esquina da casa de João Divina.

O som ia atraindo foliões de todos os cantos da cidade.

Os bonecos gigantes do BAG

 

No final da tarde o bloco partia em direção a Av. Antônio Carlos na direção do Hospital Nossa Senhora de Lourdes, fazendo o retorno e pegando a Rua Fonseca, para após a Pracinha do Gaspar, pegar a Av. Padre José Marciano, com parada obrigatória no atual Ninho da Águia e partia em direção à Baixada, com uma multidão cantando e pulando os as marchinhas de carnaval e os inesquecíveis Bambas do Gaspar e Adeus Marinha.

 

Magno de Zé Acessório e Juninho Sá, com minha filha Diana.

 

Durante vários anos o BAG colocou fogo no carnaval de Alvinópolis e tornou-se um furacão de alegria, arrastando uma multidão pelas ruas da cidade.

Quanta saudade hein!!

 

* Fotos do arquivo pessoal do Vidrilho.

Saudações Alvinopolenses!

José Silvério de Carvalho (Vidrilho)

Contato : alvinews14@gmail.com ou (31) 3495-2300