Vanderlei Lourenço

 

E o Oscar vai para...

 

 

 

 

Desde que o Oscar foi entregue, pela primeira vez, em 1928, catorze pessoas já receberam estatuetas póstumas. Destes, apenas um era ator. Os demais venceram em outras categorias da premiação.

 

Entre os atores que concorreram, registra-se James Dean, candidato pelo filme “Vidas amargas”, em 1956 e “Assim caminha a humanidade”, em 1957, Spencer Tracy, pela sua participação em “Advinhe quem vem para jantar”, no ano de 1968 e o italiano Massimo Troisi, pelo filme “O carteiro e o poeta”, em 1995.

 

Em 1977, o ator Peter Finch foi premiado com o Oscar de melhor ator pela sua atuação no filme “Rede de intrigas”. Em janeiro daquele ano, ele havia falecido, vítima de ataque cardíaco. Era australiano, assim como Heath Ledger, indicado na categoria de melhor ator coadjuvante ao Oscar 2009, pelo filme “Batman, o cavaleiro das trevas”. Ele recebeu a sua indicação exatamente um ano após ser encontrado morto em sua casa, vítima de overdose acidental de medicamentos. É considerado o favorito. São seus concorrentes:

 

Josh Brolin, de “Milk, a voz da igualdade”, que conta a história de Harvey Milk, o primeiro gay a ser eleito para um cargo público nos Estados Unidos, personagem interpretado por Sean Penn, que concorre na categoria de melhor ator.

 

Robert Downey Jr., de “Trovão tropical”, uma comédia na qual cinco atores participam de uma filmagem na selva, no estilo do filme “Apocalipse now” e, de repente, se vêem numa guerra de verdade. Neste filme têm-se destacado a participação especial do astro Tom Cruise.

 

Michael Shannon, de “Foi apenas um sonho”, filme do mesmo diretor de “Beleza americana”, sobre um jovem casal em dificuldades com a instituição casamento. É um dos grandes sucessos da temporada, com Leonardo DiCaprio e Kate Winslet, ambos concorrendo ao Oscar.

 

Philip Seymour Hoffman, de “Dúvida”., um dos filmes mais difíceis da temporada. Curiosamente, a primeira vez em que ouvi falar do ator Heath Ledger, ele concorria ao Oscar de melhor ator, pelo fime “O segredo de Brookeback Mountain”, a história de romance entre dois cowboys que foi considerada a mais romântica de 2005. Perdeu o prêmio justamente para o ator Philip Seymour Hoffman, pela atuação no filme “Capote”, uma reconstituição soberba que esse ator fez do famoso escritor Truman Capote, até então considerado difícil de ser interpretado por suas peculiaridades de homossexual, efeminado, voz fina e arrastada e vestimentas atípicas. O resultado da votação não poderia ter sido outro.

 

Esse ano é diferente. Apesar da qualidade de interpretação dos concorrentes, o Oscar vai para Heath Ledger. “Batman – o cavaleiro das trevas”, sexto filme da  série, é a maior bilheteria da história da Warner Bross Pictures no Brasil, superando a Marca que, antes, pertencia a “Matrix Reloaded”. É o segundo filme na história de Hollywood a ultrapassar a marca de US$500 milhões de dólares nos Estados Unidos e foi indicado em oito categorias do Oscar!

 

 

O interessante é que, nesse novo “Batman”, acontece uma inversão daquilo que se espera das histórias de heróis. É o vilão quem dita o ritmo do filme quando apresenta suas intenções: eu represento o caos, a anarquia, o excesso de regras torna o mundo chato, estou aqui para bagunçar, ou, como diz o mordomo, “para ver o mundo pegar fogo”.   Ou seja, esse Coringa dá medo! Por isso a sua interpretação já rendeu tantos prêmios mundo afora. Inclusive o Globo de Ouro, que é encarado como uma prévia do Oscar.

 

Eu, que não costumo apreciar filmes de ação, sei porquê gostei tanto do filme: é que, no fundo, o caos chama mais a nossa atenção do que a ordem estabelecida. Até porque não há graça quando tudo está no seu devido lugar. E só os vilões bem construídos são capazes de nos mostrar isso. Você já sabe que o bem prevalecerá, mas nada como deliciar-se com a eterna luta entre o bem e o mal.

 

Pelo menos neste quesito o mal venceu. O Oscar vai para o Coringa.

 

 

VEJA A LISTA COMPLETA DOS INDICADOS AO OSCAR 2009:

 

Melhor filme
Quem Quer Ser Milionário?
O curioso caso de Benjamin Button
Frost/Nixon
Milk – A voz da liberdade
O Leitor

 

Melhor diretor
Danny Boyle – Quem Quer Ser Milionário?
Ron Howard – Frost/Nixon
David FincherO curioso caso de Benjamin Button
Gus Van Sant – Milk - A voz da liberdade
Stephen Daldry
O Leitor

 

Melhor ator
Frank LangellaFrost/Nixon
Sean Penn – Milk - A voz da Liberdade
Brad Pitt – O curioso caso de Benjamin Button
Mickey Rourke O Lutador
Richard Jenkins The
visitor

 

Melhor ator coadjuvante
Heath LedgerBatman – Cavaleiro das Trevas
Josh BrolinMilk - A voz da liberdade
Robert Downey Jr. – Trovão tropical
Philip Seymour Hoffman – Doubt
Michael Shannon
Foi Apenas um Sonho

 

Melhor atriz
Kate Winslet – O Leitor
Angelina Jolie – A troca
Melissa Leo – Frozen river
Meryl Streep – Doubt
Anne Hathaway
O Casamento de Rachel

 

Melhor atriz coadjuvante
Amy Adams – Doubt
Penélope Cruz – Vicky Cristina Barcelona
Viola Davis – Doubt
Taraji P. Henson – O curioso caso de Benjamin Button
Marisa Tomei –
O Lutador

 

Melhor roteiro original
Frozen river (Courtney Hunt)
Simplesmente Feliz (Mike Leigh)
In Bruges (Martin McDonagh)
Milk - A voz da Liberdade (Dustin Lance Black)
Wall-E (Andrew Stanton e Jim Reardon)

 

Melhor documentário
The Betrayal
Encounters at the End of the World
The Garden
Man on Wire
Trouble the Water

 

Melhor documentário em curta-metragem
The Conscience
of Nhem En

The Final Inch
Smile Pinki
The Witness - From the Balcony of Room 306

 

Melhor filme estrangeiro
The Baader Meinhof Complex (Alemanha)
The Class (França)
Departures (Japão)
Revanche (Áustria)
Waltz with Bashir (Israel)

 

Melhor roteiro adaptado
O curioso caso de Benjamin Button
Doubt
Frost/Nixon
O Leitor
Quem Quer Ser Milionário?

 

Melhor curta de animação
La Maison en Petits Cubes

Lavatory - Lovestory
Oktapodi
Presto
This Way Up

 

Melhor animação
Bolt
Kung Fu Panda
Wall-E

 

Melhor curta-metragem
Auf der Strecke
Manon on the Asphalt
New Boy
The Pig
Spielzeugland

 

Melhor trilha sonora original
O curioso caso de Benjamin Button
Defiance
Milk - A voz da liberdade
Quem Quer Ser Milionário?
Wall-E

 

Melhor canção original
Down to Earth” – Wall-E
Jai Ho” – Quem Quer Ser Milionário?
“O Saya” –
Quem Quer Ser Milionário?

 

Melhor mixagem de som
O curioso caso de Benjamin Button
Batman – O cavaleiro das trevas
Quem Quer Ser Milionário?
Wall-E
Wanted

 

Melhor edição de som
Batman – O cavaleiro das trevas
Homem de Ferro
Quem Quer Ser Milionário?
Wall-E
Wanted

 

Melhor fotografia
A Troca
O curioso caso de Benjamin Button
Batman – O cavaleiro das trevas
O Leitor
Quem Quer Ser Milionário?

 

Melhor edição
O curioso caso de Benjamin Button
Batman – O cavaleiro das trevas
Frost/Nixon
Milk – A voz da liberdade
Quem Quer Ser Milionário?

 

Melhor direção de arte
Changeling
O curioso caso de Benjamin Button
Batman – O cavaleiro das trevas
The Duchess
Foi Apenas um Sonho

 

Melhores efeitos especiais
O curioso caso de Benjamin Button
Batman – O cavaleiro das trevas
Homem de Ferro

 

Melhor maquiagem
O curioso caso de Benjamin Button
Batman – O cavaleiro das trevas
Hellboy II

 

Melhor figurino
Austrália
O curioso caso de Benjamin Button
Milk – A voz da liberdade
The Duchess
Foi Apenas um Sonho

         

Vanderlei Lourenço é alvinopolense, poeta e escritor.

Vanderhugo@yahoo.com.br

Blog : http://www.vanderhugo.blogspot.com