Encontro de Compositores

 

Marcos Martino no Atelier Arte Povera

 

 

 

 


 

No próximo sábado, dia 27 de abril de 2013, em Ribeirão das Neves, será como se algumas encruzilhadas de minha trajetória musical se encontrassem.

O companheiro Carlim Crepalde, que era conhecido em Alvinópolis como Carlinhos Gipão, tem um bar ateliê lá, um espaço ultra cultural onde organiza shows e expõe sua arte Povêra ( trabalhos artísticos utilizando elementos da natureza, raízes envelhecidas, etc).

 

Vejam a entrevista dele aqui no alvinews.

 

Neste bar, o Carlim promove concorridos encontros de compositores. Aliás, o Carlim foi um dos fundadores do Verde Terra, juntamente com o Manoel, o Jovelino, o Ronaldo, Joãozinho, Bereco, Arthur e Dico de Caetanim. Depois pintaram outros como meu mano Rogério e Cozzó.

 

Mas voltando ao show, nos últimos anos fiz algumas apresentações durante minha fase Monlevadeana, mas sem preparação, sem aquela atitude de quem tá na estrada mesmo.

 

Neste show de Ribeirão das Neves será diferente por alguns aspectos bem interessantes.

 

 

Em primeiro lugar, pela própria natureza do evento, de ser um encontro de compositores. Quer dizer,  a proposta será tocar minhas composições dos tempos de Verde Terra e do República.

Aí pintou uma boa notícia. O Guitarrista Guilherme Fonseca, que tocava comigo no República retornou dos Estados Unidos. Não perdi tempo e o convidei a participar desse show. Ele topou no ato. Já ficou bom, pois o cara toca demais, com muito sentimento e virtuosismo. Iríamos tocar só de violão e voz e violão e guitarra.

 

Mas hoje tive mais uma notícia boa. O baterista Ricardo Simões que tocava conosco no República, virá de Curitiba para participar do show. Com isso, poderemos tocar algumas músicas do República lá, como "Se Estamos Juntos", "Democracia", "Mestre Jonas", além de músicas do Verde Terra como “Do Outro Lado do Espelho”, “Nós os Loucos”, entre outras.

O negócio promete.

 

E pra completar, temos convite para tocar em Pedro Leopoldo em Junho. Ainda é cedo para dizer o que vai acontecer, mas tudo indica que voltaremos a fazer som. 

 

 

Marcos Martino é alvinopolense, poeta, escritor, jornalista, músico.

Email : marcos.martino@gmail.com